Páginas

.

DE VOLTA ÀS AULAS 2013

Muito obrigado por ter-se juntado a esta causa :)

GIL SEMEDO VISITA ALDEIAS INFANTIS SOS EM CABO VERDE

Primeiro encontro com as crianças!!!

MÃE ACOMPANHADA DOS FILHOS EM SÃO VICENTE

Participamos no desenvolvimento das comunidades fortalecendo famílias empobrecidas.

MOMENTOS FAZEM FAMÍLIA

Mãe SOS acompanhada da filha na Aldeia Infantil SOS Assomada.

SEJA MADRINHA OU PADRINHO SOS

Caro cidadão: você que é uma pessoa de bom coração aceite o nosso convite. Seja Madrinha ou Padrinho SOS.

Notícias

       Siga-nos através do Facebook       Programa Radiofónico Vozes SOS Online - 103.1 FM, sábado - 18 horas e Terça-Feira 10 horas (reposição)         Almoço convívio encerra curso de culinária em São Domingos         Alunos Luxemburgueses visitam Aldeia de São Domingos         Jardim Infantil SOS Assomada celebra Natal com pompa e cerimónias

21/12/2009

Carro Alegórico SOS em Santiago













Carro Alegórico SOS anima ruas do Mindelo
















Sábado dia 19 de Dezembro, nas ruas de Mindelo estiveram recheadas de muita animação e a alegria no por ocasião do desfile do Carro Alegórico SOS, um projecto da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, que leva alegria nessa época de confraternização.

Ao compasso de música, dança, poesia e muita animação nas ruas, o rosto das crianças e da população Mindelense, reflectia a alegria e o entusiasmo, vital nesta quadra natalícia, no desfile organizado pelo Centro Social SOS do Mindelo

Com boa mobilização, o povo de São Vicente acarinhou o nosso projecto, contribuindo singelamente com apoios diversos, que reverterão a favor das crianças.

27/11/2009

Aldeias Infantis SOS Cabo Verde na FIC

A Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, esteve presente de 19 a 22 de Novembro na 13ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde. A nossa participação nesta importante feira multi-sectorial, teve como objectivos: a divulgação do trabalho feito pelas Aldeias Infantis SOS, durante os 25 anos de existência em Cabo Verde, a angariação de padrinhos e o recrutamento de parceiros para a causa SOS, Informar a sociedade sobre a melhor forma de auxiliar as Aldeias Infantis SOS, bem como procurar apoios em géneros junto dos expositores.

O Staff do Centro Social SOS do Mindelo, acompanhados por dois voluntários fizeram durante o evento, uma abordagem individualizada, aos representantes dos Stands, apresentando o nosso trabalho, aproveitando para oferecer aos expositores uma pasta contendo todo o material informativo das Aldeias SOS (SOS Press, Folheto CS, autocolantes, documento informativo da nossa participação na FIC, Folheto das Aldeias Infantis SOS, Fichas de apadrinhamento).


Da parte dos expositores abordados, houve uma enorme abertura, todos mostraram-se sensibilizados pela causa e disponíveis para ajudarem. Conseguiu-se alguns géneros alimentícios, nomeadamente de empresas como, a Compal, a Atrian Bakers e J. Palmeiro (empresas de comércio de produtos alimentares). Acreditamos todos, que o maior ganho da nossa participação nesta feira, advêm dos contactos feitos com diversas empresas estrangeiras, interessadas em analisar alguns dos nossos projectos e programas. Dessas empresas destacamos, o BAI (Banco Africano de Investimentos), a J. Palmeiro (Industria e Comercio Alimentar S.A.), a Motaengil (Engenharia e Construção, S.A.), a Vidral (Vidros, Alumínios e Plásticos), a Atrian Bakers (Industria Alimentar S.A.), a Marmod e Arnaud (Empresas de Transporte Marítimo).

Aproveitamos para agradecer a colaboração da Câmara de Comercio, Industria, Agricultura, e Serviços de Barlavento, a FIC, e a todos os expositores presentes, pela atenção e sensibilidade demonstrada. Um bem-haja a todos!

26/11/2009

Descubra os seus direitos



Por ocasião do 20º aniversário da Convenção sobre os Direitos das Crianças das Nações Unidas, a Aldeias Infantis SOS Internacional e o Conselho Europeu lançaram a brochura "Crianças e jovens em cuidados básicos - Conheça seus direitos". A publicação está baseada na Convenção dos Direitos das Crianças, nos Standards do Quality 4 Children e nas Recomendações do Conselho Europeu sobre os direitos das crianças que residem em instituições.

A brochura foi desenvolvida por especialistas em conjunto com jovens de países europeus com experiências em cuidados de crianças. Uma combinação eficaz de explicações quanto ao enquadramento legal por um lado, e soluções práticas por outro, a brochura aponta situações típicas em que os jovens podem fazer uso dos seus direitos enquanto estão em situações de cuidados alternativos ou na fase de os deixarem.
A brochura será também apresentada em Helsínquia, Finlandia a 2 de Dezembro de 2009, no âmbito de um evento internacional sobre a participação das crianças.

No que toca aos direitos das crianças, a Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, através da Aldeia Infantil SOS de São Domingos está a trabalhar um grupo de crianças sobre o tema direitos das crianças e participação. Um dos objectivos do programa é fazer com que as crianças tenham vez e voz , que conheçam os seus direitos e saibam reivindicá-los. Recorde que uma apresentação do resultado desse projecto aconteceu no mês passado na referida Aldeia.

23/11/2009

Centro Social SOS do Mindelo contempla alunos carenciados com materiais escolares

Foi graças a generosidade de alguns padrinhos, que no dia 26 de Outubro, o Centro Social SOS pôde oferecer à duas escolas do EBI (Fonte Inês e Espia) conhecidos no meio Mindelense como sendo as mais carenciadas, alguns kits de materiais escolares compostos por 3 cadernos, lápis de carvão, caixa de lápis de cor grande, estojo, 3 canetas, borrachas, aparadores, fita correctora, esquadros, transferidor, régua a cerca de 10 alunos.











Uma aluna da Escola de Fonte Inês, órfão de pai e com sérias dificuldades financeiras, que transitou para o 7º ano, também foi contemplada, com cerca de 5 cadernos, kit para desenho (régua, esquadros e transferidor), compasso, estojo com 3 canetas, borracha, afiadores, lápis de carvão, caixa de lápis cor grande, fita correctora.

Para além disso, também foram contemplados com os mesmos materiais cerca de 50 crianças que frequentam diariamente o Centro e que estão no ensino recorrente e ainda 12 jovens que frequentam aulas de alfabetização ministradas nesta instituição.

Formação em Gestão de Pequenos Negócios

Cerca de 20 mulheres receberam, no Centro Social SOS do Mindelo uma formação em Gestão de Pequenos Negócios.

O objectivo principal, desta acção foi o de capacitar as mulheres empreendedoras, por meio do aperfeiçoamento dos conhecimentos e habilidades sobre as ferramentas e estratégias que optimizam a gestão dos negócios com maior segurança, visando assim o sucesso dessas mulheres e dos seus negócios.

As formandas deram nota positiva à formação, uma vez que as expectativas iniciais eram altas e, segundo as mesmas foram plenamente correspondidas. Salienta-se que esta formação versou sobre áreas e matérias desconhecidas até então pelas participantes mas todas se mostraram muito interessadas na criação ou no crescimento dos seus negócios.

Da parte do Centro os objectivos foram plenamente atingidos, uma vez que os formandos apresentavam algumas lacunas, principalmente a nível das contas básicas e gestão financeira pelo que houve um aprofundamento dessas matérias com bons resultados. Foi facultado às mesmas todas as infomações sobre o acesso ao micro-crédito para criação ou crescimento dos negócios.

A formação que terminou no dia 06 de Novembro, foi ministrada por técnicos do Centro Social SOS em conjunto com a MORABI e faz parte do plano de actividades, definidos aquando da assinatura do acordo de coperação entre essas duas instituições.

19/11/2009

Um Kit constituído de cadernos, lápis, canetas, tubos de cola, bolsas, foi entregue no dia 30 de Outubro, às crianças da Aldeia Infantil SOS de Assomada.
A oferta chegou à Aldeia, pelas mãos do Padre José Alves que se fez intermediário de um grupo denominado «Levanta-te», com sede em Boston – EUA, grupo esse liderado pelas Srªs Kátia e Arcília que fizeram as recolhas.

Esse “emissário” fez-se acompanhar de dois familiares, entre eles o seu irmão Sr. Orlando Borja, assíduo colaborador da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde.





Durante a estadia na Aldeia os mesmos conversaram muito com as crianças que se fizeram representar para a recepção dos donativos, tirando algumas fotos em conjunto. O padre Alves lembrou alguns momentos da sua passagem pela Assomada como pároco, tendo servido um almoço com os meninos da casa familiar Nº 6, acompanhado pelo Director desta Aldeia Infantil SOS.

18/11/2009

Cartões de Natal SOS



Os cartões de natal SOS são anualmente confeccionados pela Aldeias Infantis SOS Cabo Verde.
A renda do mesmo serve para ajudar as crianças carentes e famílias que ao longo destes 25 anos a organização vem apoiando.

Portanto já sabes podes adquirir os cartões em qualquer unidade da Aldeias Infantis em tanto em Santiago e em São Vicente.

Para saber mais detalhes entre em contacto pelo telefone 2647379

10/11/2009

Aldeia infantil SOS de Assomada na luta contra a Dengue


A Aldeia infantil SOS de Assomada arregaçou as mangas numa campanha de limpeza, contra o mosquito da dengue.




Por volta das sete horas da manhã, do dia 06 de Novembro todos os “moradores”, já se encontravam no terreno, para uma limpeza radical das zonas internas e arredores da Aldeia Infantil SOS de Assomada. A eles se juntaram Tias, crianças, jovens e funcionários, todos juntos à procura de eliminar os possíveis focos/viveiros de mosquitos provocadores da epidemia da «dengue» e de outras doenças maléficas, que neste momento tem todo o país em alvoroço.




Na Cidade de Assomada, também era visível toda a movimentação de pessoas, mobilizadas e organizadas para o efeito, sob a orientação dos diversos serviços e organizações locais, tendo à frente, a Câmara Municipal na distribuição dos materiais necessários e do pessoal que se colocaram à disposição.




E o recado já está dado: se cada um fizer a sua parte podemos acabar com a dengue!

29/10/2009

Aldeia Infantil SOS de São Domingos debate Direitos da Criança e Participação

Fazer com que as crianças desenvolvam a capacidade de intervir, e terem espírito crítico sobre assuntos que lhes dizem respeito constitui um dos objectivos do projecto Direitos da Criança e Participação. O projecto é tema de um workshop que iniciou hoje na Aldeia Infantil SOS de São Domingos.

A abertura do evento ficou a cargo da presidente da CNHDC, Zelinda Cohen que elencou algumas dificuldades em instituir a participação das crianças nas comunidades culturais marcadas pela forte segregação das classes, de idade e, onde a voz da criança não pode ser ouvida em conversas de adultos. Neste particular a presidente da CNHDC salientou que é importante a participação de todos, para que as crianças conheçam os seus direitos e também cumpram com os seu deveres.

Por sua vez, Patrick Simon – Representante da SOS Village D’enfants Monde / Luxemburgo, por sua vez salientou que o projecto por eles financiado está em óptimo caminho e hoje pode constatar os ganhos, afirmando que o projecto DCP é um projecto único,

O projecto DIREITOS DA CRIANÇA E PARTICIPAÇÃO iniciou em finais de Abril de 2009, com um grupo de 19 crianças com idade compreendida entre os 12 e 14 anos. O objectivo do referido workshop é apresentar os resultados conseguidos durante esse tempo.

20/10/2009

Estas imagens fazem jus ao nome de Cabo Verde



As verduras foram doação do comandante Eduino a Aldeia Infantil SOS de São Domingos

Distribuição de Kits escolares

Dia 13 de Outubro, o Director da Aldeia Infantil SOS de São Domingos e o Delegado do Ministério da Educação em São Domingos fizeram a entrega de alguns kits escolares para os Pólos Educativo de Banana, Rui e Água de Gato, zonas do subúrbios do Concelho de São Domingos.


19/10/2009

Prata para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde é Ouro para Edson

4 de Outubro foi Prata para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde. Mas, para alguns jovens, mais do que aniversário da instituição que lhes deram abrigo e cuidados, esse dia representou o Ouro para uma vida independente.
É o caso de Edson que recebeu as chaves para uma vida independente no dia do 25º aniversário da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde.

O jovem entrou para Aldeias Infantis SOS aos 8 anos, idade limite para a admissão da criança nesse estabelecimento de acolhimento. Aos 14 foi para o Lar Juvenil, sob a responsabilidade de um educador e um líder de jovens. Segundo Edson o Lar é um espaço onde aprendem a se virar sozinhos “recebemos orientações mas temos de aprender a nos administrar, cozinhamos lavamos e passamos… é como uma escola prática”.
Agora com 19, Edson diz que se sente preparado para tomar conta de si sozinho. Em breve irá mudar para uma nova casa. Trabalha como bombeiro num posto de combustível, mas está decido a tirar a disciplina do 12º ano(matemática) que ficou para trás e cursar Administração. -Esta é prioridade das prioridades, diz o jovem que não pensa por enquanto em namorada, mas curte ouvir música romântica.

Aconselha aos jovens a procurarem ajuda, e aqueles que já têm para não o desperdiçar. “se eu não tivesse ajuda provavelmente poderia ter sido outra pessoa, um marginal. Mas aqui encontrei uma família, amor e carinho, tudo que uma criança necessita. Agradeço a SOS por isso”.

Aos colegas que ficam ele deseja muita sorte e para aproveitarem o que tem da melhor forma, para que possam ter um futuro digno.

16/10/2009

Jardim infantil SOS de Assomada assinala dia Mundial da Alimentação






O jardim infantil SOS de Assomada celebrou esta manhã o dia Mundial de Alimentação.

De acordo a Directora, a celebração do dia mundial da Alimentação faz parte do programa de actividades da instituição e tem como objectivo principal incutir nas crianças os hábitos alimentares saudáveis, o valor nutricional e a noção de cada grupo de Alimentos.

Manter uma alimentação correta é garantia de qualidade de vida e saúde, desta forma espera-se que uma o hábito de alimentação saudável começe desde pequeno.



A data(16 de Outubro) foi criada em 1945 para comemorar a fundação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).

12/10/2009

Petra Lantz visita Aldeia Infantil SOS de Assomada

A Aldeia Infantil SOS de Assomada recebeu nesta segunda feira a visita da Coodenadora residente das Nações Unidas em Cabo Verde, Petra Lantz.

A representante foi recebida pelo Director da Aldeia e seu Staff, tendo iniciado a sua visita pelo jardim Infantil SOS, dirigindo algumas palavras de encorajamento as Monitoras e crianças que se encontravam naquele espaço educativo.

A coordenadora residente das Nacões Unidas congratulou-se com o trabalho das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde no domínio da infância e juventude, e deixou pistas para um possível apoio nesse dominio mostrando-se aberta para um trabalho mais estreito com a instituição.


Petra Lantz que fez acompanhar durante a visita pelo presidente da Camara Municipal de Santa Catarina, Francisco Tavares visitou as dependencias da Aldeias Infantis SOS de Assomada como Casas Familiares, Poliderportivo, Lar Juvenil e por fim, o Sector Administrativo, tendo ali assinadado o "Livro de Honra".

06/10/2009

Aldeia de São Domingos completa 6 anos

Fazem exactamente 6 anos de inauguração da Aldeia Infantil SOS de São Domingos. E apesar das comemorações do dia anterior em Assomada, São Domingos não deixou a data passar despercebida.
Durante o periodo da tarde foi organizado um pequeno lanche com a presença da Banda Municipal de São Domingos a cantar os parabéns.


A mãe porta-voz e o Assistente do Director da Aldeia, fizeram o corte do bolo. O primeiro pedaço do bolo foi para a nova criança da Aldeia, Alex, que já está bem enturmado na casa.

O Staff da Direcção Nacional e o Director da Aldeia de Assomada também marcaram presença no dia da comemoração de mais um aniversário da Aldeia Infantil SOS de São Domingos.

25 anos para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde

video4 de Outubro de 1984, nascia a primeira Aldeia Infantil SOS em Cabo Verde, localizada na então vila de Assomada, hoje cidade.

Há 25 anos ...

Foi neste domingo, que completou mais um ano de existência, em Cabo Verde, a instituição que nasceu do sonho de dar um lar para crianças órfãos da segunda guerra mundial.
E como não poderia deixar de ser, a cidade que viu nascer a Aldeias Infantis SOS Cabo Verde também sediou a comemoração dos 25 anos.
O dia começou cedo na Assomada, com uma marcha Picos-Assomada. Jogos de futsal, cartas, damas, Oril são algumas actividades que aconteceram na parte da manhã.

O período da tarde começou com a inauguração da sala de exposição dos trabalhos de artesanato, rendas entre outros, todos confeccionados pelas Mães e Crianças SOS.
A hora do almoço, prato tradicional, xerém, guisado de bode com batata e mandioca...

Depois de uma visita às instalações da Aldeia Infantil SOS de Assomada foi cantado os parabéns pela Banda Municipal de São Domingos. As mães reformadas Mimi e Ciza e Orlando Mascarenhas, em representação a comissão de honra das comemorações, apagaram as velas dos 25 anos com aplausos dos presentes. O primeiro pedaço de bolo foi entregue ao Director Nacional, Dionísio Pereira.

A cerimónia solene teve lugar teve lugar na placa desportiva com o hino nacional, seguido do coral de crianças SOS a entoar a musica "Here I am".
A tarde foi bastante animada, muita cultura, e apresentações de vários artistas. Teve ainda o momento da entrega dos troféus aos vencedores do torneio de futsal, cartas e damas.

O encerramento das actividades aconteceu com os discursos do Director da Aldeia de de Assomada, o Director Nacional, o Presidente da Câmara de Santa Catarina e do representante da comissão de honra, Orlando Mascarenhas.

"Aldeias Infantis SOS faz parte do sucesso de Cabo Verde"
"Como presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina eu começo a dar os meus parabéns a SOS Cabo Verde, pelos seus 25 anos". Dizia Francisco Tavares que fez questão de frisar que a Aldeias Infantis SOS Cabo verde nasceu e cresceu em Santa Catarina, tendo expandido depois para outros municípios, acrescentando que a instituição tem um curso de 25 anos dos 34 da independência de Cabo Verde. É portanto, "parte da história de Cabo Verde como independente e parte do sucesso de Cabo Verde "
Tavares considera a SOS CV uma instituição credível, parceira de desenvolvimento e especialmente, uma instituição para o futuro, com a qual está comprometida. e que sempre esteve do lado das crianças que necessitam de protecção, ajudando-as a construir o bem-estar e oportunidades.

Considerando-a como um dos importantes ganhos dos 34 anos de independência. Tavares salientou que a instituição tem um futuro porque tem princípios, visão e missão definidos. Assim, o edil santa catarinense apela aos responsáveis para "continuarem o seu trabalho e compromisso com as crianças porque eles são o presente e o futuro."

Para Francisco Tavares a celebração do aniversário de 25 anos esteve a altura da rota que a instituição tem em Cabo Verde, sublinhando que as autoridades caboverdianas devem de facto orgulhar-se por ter um parceiro como a Aldeias Infantis SOS.

"Parabenizo a comissão organizadora das comemorações pelo seu trabalho em um ano particularmente difícil e também felicito a Kinderdorf Internacional pelos seus 60 anos de serviço à protecção da criança". Disse o presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina terminando o seu discurso com um Bem Haja SOS Cabo Verde.

Orlando Mascarenhas, que falava em nome da Comissão de Honra das comemorações, recordou a história da instituição no Pais na década de 80 pelo então primeiro-ministro Pedro Pires, actual Presidente da República
Para ele, a criação da Aldeias Infantis SOS foi um evento que marcou profundamente o processo de desenvolvimento das actividades sociais em Cabo Verde.
O representante da comissão de honra considera que ao priorizar a educação de crianças e adolescentes, a organização reflecte a sua missão que contempla o desenvolvimento integrado de todos os aspectos da personalidade seja ele físico, mental, emocional, intelectual, social, profissional, cultural e moral. Mascarenhas agradeceu especialmente as Mães SOS, Funcionários, internos, padrinhos e a todos quantos ajudam a instituição.


Dionísio Pereira, director nacional da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde era um homem satisfeito, principalmente com os resultados alcançados. No entanto, espera uma participação maior e mais envolvimento da sociedade para continuar o trabalho. Opinião de que partilha também o director da Aldeia de Assomada, Rito Teixeira.

São Vicente continua Jornadas da Paz


Em São Vicente também teve o encerramento dos Jogos Globais da Paz. As atividades começaram com a leitura das mensagens da FIFA e do Assessor Especial da ONU pelos alunos. Das actividades constou ainda uma marcha com a participação de vários alunos e seus professores, com dísticos , cartazes e outros trabalhos alusivos ao tema da paz.
Por último teve lugar um jogo de futebol amigável entre alunos e professores das escolas.


Apesar de ter tido encerramento dos Jogos Globais com assinatura do manifesto da Paz algumas escolas ainda continuam as jornadas da Paz. É o caso da Escola Salesiana e EICM em São Vicente que continuam a trabalhar as Jornadas da Paz. Durante esta semana serão desenvolvidas atividades como teatro de Paz e palestras.

Jogos Globais da Paz terminaram este Sábado

O evento que vinha decorrendo desde o dia 21 de Setembro teve o seu encerramento este sábado a nível nacional. Na cidade da Praia dezenas de Escolas estiveram reunidos no pavilhão desportivo Vavá Duarte para o encerramento do evento.

Antes dos jogos, centenas de crianças desfilaram pelas ruas da capital numa marcha pela Paz. Chegando ao recinto as equipas das diferentes escolas disputaram entre si um jogo amistoso onde não foi contabilizado os pontos de quem vencia cada partida.

Todas as equipas mostraram que sabem jogar. E, ao contrário do que estamos acostumados a ver nas competições de futebol, nesse particular árbitro não teve problemas com sinalização das faltas, até porque não houve muitas. A cada falta os jogadores se cumprimentavam mostrando assim o fair play que deve existir no desporto.
A pergunta final era: quem foi o vencedor? Todos foram vencedores.

Os jogos Globais da Paz este ano decorreram sob forma de jornadas da Paz que tiveram o seu inicio no dia 21 de setembro, cujo objectivo é promover a cultura da paz, da amizade, da tolerância, da compreensão mútua entre as pessoas, do espírito de fair-play e não-violência em ambiente juvenil, de convívio e de confraternização.
Durante as duas semanas os alunos das escolas secundárias e do ensino básico desenvolveram algumas actividades de debate sobre a paz, desenho, poesia, teatro etc.

01/10/2009

Encerramento dos Jogos Globais da Paz 2009 acontece a 3 de Outubro


A final dos Jogos Globais da Paz 2009 terão lugar no dia 3 de Outubro, no Gmino desportivo de chã de areia.

Consta da programação uma marcha com os alunos pelas 09 horas, e torneios de futebol entre as escolas.
O encerramento do evento estará a cargo do Secretário de Estado da Educação.
Este ano, os Jogos Globais da Paz tiveram o seu inicio no dia 21 de Setembro, com a abertura das jornadas da Paz presidida pela Ministra da Educação e Ensino Superior, Vera Duarte, por ocasião do dia mundial da Paz.

15/09/2009

Reabertura do Jardim Infantil

Depois das férias, o jardim infantil SOS abre as suas portas.


os pequenos felizes da vida por encontrarem as Tias, que não viam a hora chegar para receber a pequenada.

Interdependência Laboral é tema de Seminário na Aldeia SOS de Assomada

Mães, Tias, Guardas/Porteiros, Monitoras de jardim, Encarregados de Serviços-gerais, Jovens do Lar Juvenil entre outros, participaram no dia 11 de Setembro num seminário intitulado:"O que eu gostaria que você fizesse para melhorar o meu trabalho"
Orientado pelo director da Aldeia SOS de Assomada, o referido seminário pretendeu analisar a forma como os responsáveis dos diversos sectores deveriam fazer o trabalho para que pudessem ajudar os colegas.
Cada um dos presentes puderam partilhar a sua opinião, e ficou concordado de que cada um deveria ler cuidadosamente a descrição de cada trabalho no Job Description de modo a fazer com que os “cruzamentos” tragam melhores resultados.

O director da Aldeia Infantil SOS de Assomada, Rito Teixeira, frisou que o grupo deve funcionar como um relógio em que, se uma peça, no mínimo que seja, avariar, a máquina pára. Por isso todos precisam de todos.

De referir que, para além dos membros do Staff local, esteve ainda presente no evento, a Coordenadora nacional dos programas sociais da SOS Solange Dongo, que se encontrava de serviço naquela Aldeia.

Jovens SOS Assomada participam na Campanha de Limpeza no Liceu Amílcar Cabral

Enquadrado na preparação do ano lectivo 2009/10, um grupo de jovens da Aldeia Infantil SOS de Assomada, participou hoje 15 de Setembro, numa campanha de limpeza no Liceu Amílcar Cabral, na cidade de Assomada.

A campanha visa dar uma melhor visualidade ao espaço liceal, depois das benditas chuvas que têm visitado o Concelho de Santa Catarina. E, graças a isso o municipio vem reflectindo uma imagem quase perfeita daquilo que deu o nome ao nosso país-Cabo Verde.

10/09/2009

Staff dos Jardins Infantis SOS fazem planificação do ano lectivo

Já se aproxima ano lectivo, momento em que as escolas fazem toda a correria para começar o ano lectivo.
É o que acontece também com os Jardins Infantis, mais concretamente os da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde. A instituição possui duas unidades infantis: uma na Aldeia de Assomada e outra na Aldeia de São Domingos.
No dia 9 de Setembro as monitores e responsáveis dos referidos Jardins estiveram reunidos na Aldeia Infantil SOS de São Domingos para ultimar os preparativos para o arranque do ano lectivo.


02/09/2009

MONITORAS DOS JARDINS INFANTIS SOS RECEBEM FORMAÇÃO EM NEE

Arranca hoje, na Aldeia Infantil SOS de São Domingos,interior de Santiago, uma acção de formação em Necessidades Educativas Especiais, NEE, para as monitoras dos jardins infantis SOS Cabo Verde.

A formação prolonga-se até o dia 8 deste mês e estará a cargo dos técnicos do ministério da educação e ensino superior, no quadro do acordo de cooperação, assinado em Outubro do ano transacto, entre o MEES e Aldeias Infantis SOS Cabo verde.

Socialização do programa de capacitação; orientações internacionais sobre educação inclusiva, princípios e implicações da educação inclusiva,conceito de NEE; dados estatísticos e nível de instrução de pessoas com deficiência (incidência para idade pré-escolar); legislação sobre a “integração” de pessoas com deficiência e medidas de política em matéria de NEE, são entre outros, os conteúdos programáticos desta acção formativa que incidir-se-á, também sobre plano de actividades e adaptação, tendo em conta a cegueira, surdez, deficiência motora e atraso no desenvolvimento cognitivo.

18/08/2009

Gala SOS em São Vicente

A Academia de Música JotaMonte acolheu na noite de Sexta-feira (14 de Agosto) a 1º Gala de homenagem aos padrinhos e parceiros individual ou colectivo do Centro Social SOS de Mindelo.

O Centro Social pretendeu com o evento reconhecer publicamente o contributo dos padrinhos e parceiros, criar laços entre as crianças e os padrinhos, criar um intercâmbio intercultural com a sociedade em geral, divulgar o trabalho das Mães SOS,divulgar o trabalho da organização no seu todo

O evento teve o seu início com o Hino da Aldeias Infantis SOS, interpretado pelo ex interno Ivan Bettencourt, seguindo-se da mensagem de boas vindas transmitida pela Directora do Centro Social SOS.

Depois do discurso seguiu-se o artista Mindelense Edson que interpretou duas lindas canções, conseguindo cativar o público com a sua voz suave e melodiosa.

Seguiu-se actuações de Ceuzani, Manecas, Belo, Bob, mescladas pelo meio com actuações do grupo de dança da Praça Estrela, poesia do semi interno Marimiliano e testemunho do ex interno Esdras.
O trabalho de apresentação das aldeias SOS foi feito pela Directora do Centro Social Drª Maria da Luz Conceição, que durante alguns minutos deu a conhecer aos presentes o trabalho feito pelas Aldeias SOS, a sua filosofia e a forma de trabalhar junto das comunidades.

O momento alto da Gala chegou, com a cerimónia de homenagem aos padrinhos e parceiros. Em nome dos padrinhos e parceiros o Vereador da área social o Dr. Augusto Neves em substituição da Presidente da Câmara Dr.ª Isaura Gomes, reconheceu o trabalho da Aldeias Infantis SOS e mostrou-se lisonjeado pelo gesto de reconhecimento da instituição para com os seus pares.

O encerramento da Gala foi feito pelo pequeno artista Yuri Joel que interpretou a música “Criança di nôs terra” da autoria do artista e compositor Nando Cruz. Yuri cativou o público conseguindo pôr o auditório inteiro a cantar.

Um final de espectáculo bem agradável, num dia muito especial e importante para a Aldeias Infantis SOS, para os seus padrinhos, parceiros e amigos.


11/08/2009

Aldeias Infantis SOS agraciada com "Save de World Award 2009"


Helmut Kutin recebeu o prémio em nome da SOS Children's Villages. "Save de World Award 2009" visa premiar "modelos que através da sua participação e empenhamento exemplar estão fazendo enormes contribuições para a humanidade, bem como para a preservação do nosso planeta."

O World Awards que foi instituido em 2000 pelo jornalista e escritor Georg Kindel e Mikhail Gorbachov, tem sido a sensibilização para os mais importantes desafios globais levando a apresentar possíveis soluções para melhorar o nosso mundo, agora e para as gerações futuras.

A Aldeias Infantis SOS recebeu a homenagem pelo fato de a instituição oferecer um novo lar a milhares de crianças em todo o mundo que perderam os cuidados de uma família, proporcianando-lhes deste modo uma real oportunidade de prosseguir os seus sonhos e aspirações.

Helmut Kutin agradeceu em nome de todas as crianças, mães SOS e todos os colaboradores da organização, mas também àqueles que sem os quais o trabalho da organização não seria possível: os que contribuem para o trabalho da Aldeias Infantis SOS seja realizado.

Num breve discurso, Kutin frisou a necessidade de actuar no presente para garantir o futuro das nossas crinças. "Estamos contentes por receber este prêmio como o reconhecimento do nosso trabalho, mas também vêmo-lo como encorajamento a perseverar na nossa tarefa de juntar forças para garantir que as crianças e os jovens adultos crescam em um ambiente saudável e sejam reconhecidos como cidadãos do mundo. Todos nós sabemos o que tem de ser feito. Tudo o que resta agora é fazer isso! O mundo em que vivemos é bonito, mas temos de nos esforçar para torná-lo melhor, e nós temos a fazê-lo hoje - amanhã poderá ser demasiado tarde!"

No passado, a lista de premiados incluiu nomes como Queen Noor da Jordânia, Susan Sarandon, Steven Spielberg e Paul McCartney, entre muitos outros.
Este ano, juntamente com Aldeias Infantis SOS outros premiados foram Carl Lewis, Greenpeace, e Michael Jackson, cujo irmão Jermaine recebeu o prêmio.

A premiação não tem categorias fixas, clima, fome e pobreza, água, tolerância, energia, paz e segurança, saúde, democracia e sociedade civil, dignidade, educação, poluição e biodiversidade fazem parte do conjunto.
A Aldeias Infantis SOS foi criada há 60 anos no mundo e em Cabo Verde a organização está a completar 25 anos.

04/08/2009

Formação em manuseamento de extintores

A Aldeias Infantis SOS realizou hoje, na Aldeia Infantil de Assomada a 4ª Formação sobre manuseamento de Extintores e combate a incêndio. Participaram desta acção formativa Mães e Tias SOS , Funcionários e Jovens.

03/08/2009

Novo funcionário SOS

Responde pelo nome de Luis Dias e é o mais novo colaborador da Aldeias Infantis SOS. Dias ocupa o cargo de Secretário Administrativo na Direcção Nacional das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde, em Achada S.Filipe.

24/07/2009

Jardins Infantis SOS encerram ano lectivo

Os jardins da Aldeias Infantis SOS deram por terminado o ano lectivo 2008/2009, com a realização da festa de finalistas dos alunos que chegaram com êxito, a este ultimo ano e que lhes permitiram transitar de classe.
Foi no dia 10 de Julho corrente que um grupo de crianças dos jardins tanto da Assomada como de São Domingos fecharam o ano lectivo com a imposição de fitas. Dos dois jardins somam 79 crianças: 49 na Assomada e 30 em Dão Domingos receberam os seus Diplomas de Finalistas despedindo-se desta forma de mais dois anos de aprendizagem para a futura vida escolar.
Perante a presença de pais e encarregados de educação e amigos, as crianças tiveram um dia de muita festa e aplausos.
Depois de “muito barulho” e no meio de declamação de poemas, dança, batucada, canções, e outras actividades culturais, as crianças despidiram-se das respectivas monitoras com um lanche de confraternização no Jardim Infantil por onde passaram esses dois anos ultimos anos de estudos.
Valita Gonçalves, Directora do Jardim SOS de Assomada e Sónia Tavares, Directora do Jardim Infantil SOS de São Domingos, disseram satisfeitas por cumpriram mais esta etapa.
Aos pais e encarregados de educação, as duas responsáveis, deixaram um forte abraço de amizade, solidariedade e desejos de uma cooperação futura muito frutuosa. E aos finalistas uma caminhada cheia de sucessos.

10/07/2009

Rede de Proteção à Infância em S. Domingos a todo vapor

O terceiro encontro da rede de proteção à infancia em S. Domingos deverá acontecer no dia 24 de julho.

A data foi acertada no segundo encontro da Rede, que ocorreu no passado 19 de junho na escola secundária Fulgêncio Tavares e, durante o qual foram analisados os termos de referência para a Rede.

No entender da Presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos e Cidadania, Zelinda Cohen, a comissão está realizando um excelente trabalho mas salientou que alguns aspectos devem merecer ainda reflexão, acrescentando que a comissão deverá dotar a Rede como uma acção mais coordenativa em vez de associativa.
A CNHDC está a repensar as articulações entre as instituições locais disse a presidente, sublinhando que a Camara Municipal deverá indicar um ponto focal.

O II encontro da Rede teve a participação de representantes e técnicos de instituições como CNHDC, Camara Municipal de S.Domingos, OMCV-SD, Delegação do MEES-SD, Direcção da escola secundária-SD, Direcção da Aldeia Infantil SOS de SD e Igreja Adventista.

Refira-se que a necessidade da criação desta Rede surgiu durante o Workshop sobre Política de protecção à Infância em Cabo Verde, promovida pela Aldeias Infantis SOS Cabo Verde que teve lugar na Aldeia SOS de S.Domingos durante os dias 29 e 30 de Abril.

30/06/2009

A ministra da Educação e Ensino Superior Vera Duarte, e a sua comitiva composta pelo Director Geral da Alfabetização e Educação de Adultos, pela Delegada do MEES em S. Vicente e um animador da DGAEA visitaram o Centro Social SOS do Mindelo no passado dia 26 de Junho.

A titular da pasta da Educação foi constatar in loco o desenrolar das actividades de Educação e Formação Extra – Escolar a decorrer no Centro desde o início do ano lectivo 2008/2009.

Para além de visitar as salas de aulas e conversar com os alunos e professores, a Ministra visitou a restante instalação, mostrando-se impressionada com tudo o que viu e ouviu, nomeadamente a Formação em Costura e Bordados e uma palestra sobre Dia Mundial de Luta Contra o Consumo e Tráfico de Drogas.

A governante incentivou os alunos a continuarem os estudos, e a aproveitar as oportunidade que estão a ter da melhor forma para que possam obter um diploma.

Vera Duarte sugeriu ainda que a apresentação dos trabalhos a ser confeccionados na Formação de Costura e Bordados deveria ser feita numa exposição para o início do ano lectivo.
Realçou ainda o grande trabalho que a Aldeias SOS têm vindo a desenvolver junto das camadas desfavorecidas e destacou a parceria existente entre esta instituição e o Ministério da Educação, nomeadamente no processo educativo e formativo dos beneficiários e a possibilidade de realização de actividades em conjunto, nomeadamente os Jogos Infantis SOS e os Jogos Globais da Paz, que acontece de 21 Setembro a 03 de Outubro próximos.

25/06/2009

Semana da Capoeira enquadrada nas comemorações dos 25 e 60 anos das Aldeias Infantis SOS

Decorre de 23 a 30 de junho a semana da capoeira. O evento denominado "primeira semaninha da capoerinha" está enquadrada nas actividades comemorativas dos 25 anos das Aldeias Infantis SOS em Cabo Verde e dos 60 ano no Mundo.

A abertura aconteceu no dia 23 de junho, dia dos 60 anos das Aldeias Infantis SOS no mundo, na Aldeia Infantil SOS de S.Domingos

Ontem aconteceu ainda aula de capoeira com o graduado Zé Pedro, na Placa Desportiva da Aldeia Infantil SOS de Assomada. Durante o dia de hoje haverá aula do ritmo Maculelé-Samba.


Amanha dia 27 está prevista uma palestra proferida pelo professor Henrique Varela,sobre a história da cultura Afro-brasileira, pelas 16 horas, no Anfiteatro da Aldeia Infantil SOS da Assomada.

No dia 28 terá aula de Capoeira na praça de Assomada e, no dia 29 de junho às 18 horas no anfiteatro da Aldeia SOS de Assomada será a apresentação das novas estratégicas da Associação de Capoeira Liberdade de Expressão, com o professor Adilio e o Instrutor Gerson Kenedi (Djé).

Finalmente, às 14 horas do dia 30 de junho, acontece o encerramento da semana com cerimónia de avaliação de todos os alunos nas categorias de primeira Corda e segunda Corda, no anfiteatro da Aldeia SOS de Assomada.