Páginas

.

DE VOLTA ÀS AULAS 2013

Muito obrigado por ter-se juntado a esta causa :)

GIL SEMEDO VISITA ALDEIAS INFANTIS SOS EM CABO VERDE

Primeiro encontro com as crianças!!!

MÃE ACOMPANHADA DOS FILHOS EM SÃO VICENTE

Participamos no desenvolvimento das comunidades fortalecendo famílias empobrecidas.

MOMENTOS FAZEM FAMÍLIA

Mãe SOS acompanhada da filha na Aldeia Infantil SOS Assomada.

SEJA MADRINHA OU PADRINHO SOS

Caro cidadão: você que é uma pessoa de bom coração aceite o nosso convite. Seja Madrinha ou Padrinho SOS.

Notícias

       Siga-nos através do Facebook       Programa Radiofónico Vozes SOS Online - 103.1 FM, sábado - 18 horas e Terça-Feira 10 horas (reposição)         Almoço convívio encerra curso de culinária em São Domingos         Alunos Luxemburgueses visitam Aldeia de São Domingos         Jardim Infantil SOS Assomada celebra Natal com pompa e cerimónias

29/10/2009

Aldeia Infantil SOS de São Domingos debate Direitos da Criança e Participação

Fazer com que as crianças desenvolvam a capacidade de intervir, e terem espírito crítico sobre assuntos que lhes dizem respeito constitui um dos objectivos do projecto Direitos da Criança e Participação. O projecto é tema de um workshop que iniciou hoje na Aldeia Infantil SOS de São Domingos.

A abertura do evento ficou a cargo da presidente da CNHDC, Zelinda Cohen que elencou algumas dificuldades em instituir a participação das crianças nas comunidades culturais marcadas pela forte segregação das classes, de idade e, onde a voz da criança não pode ser ouvida em conversas de adultos. Neste particular a presidente da CNHDC salientou que é importante a participação de todos, para que as crianças conheçam os seus direitos e também cumpram com os seu deveres.

Por sua vez, Patrick Simon – Representante da SOS Village D’enfants Monde / Luxemburgo, por sua vez salientou que o projecto por eles financiado está em óptimo caminho e hoje pode constatar os ganhos, afirmando que o projecto DCP é um projecto único,

O projecto DIREITOS DA CRIANÇA E PARTICIPAÇÃO iniciou em finais de Abril de 2009, com um grupo de 19 crianças com idade compreendida entre os 12 e 14 anos. O objectivo do referido workshop é apresentar os resultados conseguidos durante esse tempo.

20/10/2009

Estas imagens fazem jus ao nome de Cabo Verde



As verduras foram doação do comandante Eduino a Aldeia Infantil SOS de São Domingos

Distribuição de Kits escolares

Dia 13 de Outubro, o Director da Aldeia Infantil SOS de São Domingos e o Delegado do Ministério da Educação em São Domingos fizeram a entrega de alguns kits escolares para os Pólos Educativo de Banana, Rui e Água de Gato, zonas do subúrbios do Concelho de São Domingos.


19/10/2009

Prata para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde é Ouro para Edson

4 de Outubro foi Prata para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde. Mas, para alguns jovens, mais do que aniversário da instituição que lhes deram abrigo e cuidados, esse dia representou o Ouro para uma vida independente.
É o caso de Edson que recebeu as chaves para uma vida independente no dia do 25º aniversário da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde.

O jovem entrou para Aldeias Infantis SOS aos 8 anos, idade limite para a admissão da criança nesse estabelecimento de acolhimento. Aos 14 foi para o Lar Juvenil, sob a responsabilidade de um educador e um líder de jovens. Segundo Edson o Lar é um espaço onde aprendem a se virar sozinhos “recebemos orientações mas temos de aprender a nos administrar, cozinhamos lavamos e passamos… é como uma escola prática”.
Agora com 19, Edson diz que se sente preparado para tomar conta de si sozinho. Em breve irá mudar para uma nova casa. Trabalha como bombeiro num posto de combustível, mas está decido a tirar a disciplina do 12º ano(matemática) que ficou para trás e cursar Administração. -Esta é prioridade das prioridades, diz o jovem que não pensa por enquanto em namorada, mas curte ouvir música romântica.

Aconselha aos jovens a procurarem ajuda, e aqueles que já têm para não o desperdiçar. “se eu não tivesse ajuda provavelmente poderia ter sido outra pessoa, um marginal. Mas aqui encontrei uma família, amor e carinho, tudo que uma criança necessita. Agradeço a SOS por isso”.

Aos colegas que ficam ele deseja muita sorte e para aproveitarem o que tem da melhor forma, para que possam ter um futuro digno.

16/10/2009

Jardim infantil SOS de Assomada assinala dia Mundial da Alimentação






O jardim infantil SOS de Assomada celebrou esta manhã o dia Mundial de Alimentação.

De acordo a Directora, a celebração do dia mundial da Alimentação faz parte do programa de actividades da instituição e tem como objectivo principal incutir nas crianças os hábitos alimentares saudáveis, o valor nutricional e a noção de cada grupo de Alimentos.

Manter uma alimentação correta é garantia de qualidade de vida e saúde, desta forma espera-se que uma o hábito de alimentação saudável começe desde pequeno.



A data(16 de Outubro) foi criada em 1945 para comemorar a fundação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).

12/10/2009

Petra Lantz visita Aldeia Infantil SOS de Assomada

A Aldeia Infantil SOS de Assomada recebeu nesta segunda feira a visita da Coodenadora residente das Nações Unidas em Cabo Verde, Petra Lantz.

A representante foi recebida pelo Director da Aldeia e seu Staff, tendo iniciado a sua visita pelo jardim Infantil SOS, dirigindo algumas palavras de encorajamento as Monitoras e crianças que se encontravam naquele espaço educativo.

A coordenadora residente das Nacões Unidas congratulou-se com o trabalho das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde no domínio da infância e juventude, e deixou pistas para um possível apoio nesse dominio mostrando-se aberta para um trabalho mais estreito com a instituição.


Petra Lantz que fez acompanhar durante a visita pelo presidente da Camara Municipal de Santa Catarina, Francisco Tavares visitou as dependencias da Aldeias Infantis SOS de Assomada como Casas Familiares, Poliderportivo, Lar Juvenil e por fim, o Sector Administrativo, tendo ali assinadado o "Livro de Honra".

06/10/2009

Aldeia de São Domingos completa 6 anos

Fazem exactamente 6 anos de inauguração da Aldeia Infantil SOS de São Domingos. E apesar das comemorações do dia anterior em Assomada, São Domingos não deixou a data passar despercebida.
Durante o periodo da tarde foi organizado um pequeno lanche com a presença da Banda Municipal de São Domingos a cantar os parabéns.


A mãe porta-voz e o Assistente do Director da Aldeia, fizeram o corte do bolo. O primeiro pedaço do bolo foi para a nova criança da Aldeia, Alex, que já está bem enturmado na casa.

O Staff da Direcção Nacional e o Director da Aldeia de Assomada também marcaram presença no dia da comemoração de mais um aniversário da Aldeia Infantil SOS de São Domingos.

25 anos para Aldeias Infantis SOS Cabo Verde

video4 de Outubro de 1984, nascia a primeira Aldeia Infantil SOS em Cabo Verde, localizada na então vila de Assomada, hoje cidade.

Há 25 anos ...

Foi neste domingo, que completou mais um ano de existência, em Cabo Verde, a instituição que nasceu do sonho de dar um lar para crianças órfãos da segunda guerra mundial.
E como não poderia deixar de ser, a cidade que viu nascer a Aldeias Infantis SOS Cabo Verde também sediou a comemoração dos 25 anos.
O dia começou cedo na Assomada, com uma marcha Picos-Assomada. Jogos de futsal, cartas, damas, Oril são algumas actividades que aconteceram na parte da manhã.

O período da tarde começou com a inauguração da sala de exposição dos trabalhos de artesanato, rendas entre outros, todos confeccionados pelas Mães e Crianças SOS.
A hora do almoço, prato tradicional, xerém, guisado de bode com batata e mandioca...

Depois de uma visita às instalações da Aldeia Infantil SOS de Assomada foi cantado os parabéns pela Banda Municipal de São Domingos. As mães reformadas Mimi e Ciza e Orlando Mascarenhas, em representação a comissão de honra das comemorações, apagaram as velas dos 25 anos com aplausos dos presentes. O primeiro pedaço de bolo foi entregue ao Director Nacional, Dionísio Pereira.

A cerimónia solene teve lugar teve lugar na placa desportiva com o hino nacional, seguido do coral de crianças SOS a entoar a musica "Here I am".
A tarde foi bastante animada, muita cultura, e apresentações de vários artistas. Teve ainda o momento da entrega dos troféus aos vencedores do torneio de futsal, cartas e damas.

O encerramento das actividades aconteceu com os discursos do Director da Aldeia de de Assomada, o Director Nacional, o Presidente da Câmara de Santa Catarina e do representante da comissão de honra, Orlando Mascarenhas.

"Aldeias Infantis SOS faz parte do sucesso de Cabo Verde"
"Como presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina eu começo a dar os meus parabéns a SOS Cabo Verde, pelos seus 25 anos". Dizia Francisco Tavares que fez questão de frisar que a Aldeias Infantis SOS Cabo verde nasceu e cresceu em Santa Catarina, tendo expandido depois para outros municípios, acrescentando que a instituição tem um curso de 25 anos dos 34 da independência de Cabo Verde. É portanto, "parte da história de Cabo Verde como independente e parte do sucesso de Cabo Verde "
Tavares considera a SOS CV uma instituição credível, parceira de desenvolvimento e especialmente, uma instituição para o futuro, com a qual está comprometida. e que sempre esteve do lado das crianças que necessitam de protecção, ajudando-as a construir o bem-estar e oportunidades.

Considerando-a como um dos importantes ganhos dos 34 anos de independência. Tavares salientou que a instituição tem um futuro porque tem princípios, visão e missão definidos. Assim, o edil santa catarinense apela aos responsáveis para "continuarem o seu trabalho e compromisso com as crianças porque eles são o presente e o futuro."

Para Francisco Tavares a celebração do aniversário de 25 anos esteve a altura da rota que a instituição tem em Cabo Verde, sublinhando que as autoridades caboverdianas devem de facto orgulhar-se por ter um parceiro como a Aldeias Infantis SOS.

"Parabenizo a comissão organizadora das comemorações pelo seu trabalho em um ano particularmente difícil e também felicito a Kinderdorf Internacional pelos seus 60 anos de serviço à protecção da criança". Disse o presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina terminando o seu discurso com um Bem Haja SOS Cabo Verde.

Orlando Mascarenhas, que falava em nome da Comissão de Honra das comemorações, recordou a história da instituição no Pais na década de 80 pelo então primeiro-ministro Pedro Pires, actual Presidente da República
Para ele, a criação da Aldeias Infantis SOS foi um evento que marcou profundamente o processo de desenvolvimento das actividades sociais em Cabo Verde.
O representante da comissão de honra considera que ao priorizar a educação de crianças e adolescentes, a organização reflecte a sua missão que contempla o desenvolvimento integrado de todos os aspectos da personalidade seja ele físico, mental, emocional, intelectual, social, profissional, cultural e moral. Mascarenhas agradeceu especialmente as Mães SOS, Funcionários, internos, padrinhos e a todos quantos ajudam a instituição.


Dionísio Pereira, director nacional da Aldeias Infantis SOS Cabo Verde era um homem satisfeito, principalmente com os resultados alcançados. No entanto, espera uma participação maior e mais envolvimento da sociedade para continuar o trabalho. Opinião de que partilha também o director da Aldeia de Assomada, Rito Teixeira.

São Vicente continua Jornadas da Paz


Em São Vicente também teve o encerramento dos Jogos Globais da Paz. As atividades começaram com a leitura das mensagens da FIFA e do Assessor Especial da ONU pelos alunos. Das actividades constou ainda uma marcha com a participação de vários alunos e seus professores, com dísticos , cartazes e outros trabalhos alusivos ao tema da paz.
Por último teve lugar um jogo de futebol amigável entre alunos e professores das escolas.


Apesar de ter tido encerramento dos Jogos Globais com assinatura do manifesto da Paz algumas escolas ainda continuam as jornadas da Paz. É o caso da Escola Salesiana e EICM em São Vicente que continuam a trabalhar as Jornadas da Paz. Durante esta semana serão desenvolvidas atividades como teatro de Paz e palestras.

Jogos Globais da Paz terminaram este Sábado

O evento que vinha decorrendo desde o dia 21 de Setembro teve o seu encerramento este sábado a nível nacional. Na cidade da Praia dezenas de Escolas estiveram reunidos no pavilhão desportivo Vavá Duarte para o encerramento do evento.

Antes dos jogos, centenas de crianças desfilaram pelas ruas da capital numa marcha pela Paz. Chegando ao recinto as equipas das diferentes escolas disputaram entre si um jogo amistoso onde não foi contabilizado os pontos de quem vencia cada partida.

Todas as equipas mostraram que sabem jogar. E, ao contrário do que estamos acostumados a ver nas competições de futebol, nesse particular árbitro não teve problemas com sinalização das faltas, até porque não houve muitas. A cada falta os jogadores se cumprimentavam mostrando assim o fair play que deve existir no desporto.
A pergunta final era: quem foi o vencedor? Todos foram vencedores.

Os jogos Globais da Paz este ano decorreram sob forma de jornadas da Paz que tiveram o seu inicio no dia 21 de setembro, cujo objectivo é promover a cultura da paz, da amizade, da tolerância, da compreensão mútua entre as pessoas, do espírito de fair-play e não-violência em ambiente juvenil, de convívio e de confraternização.
Durante as duas semanas os alunos das escolas secundárias e do ensino básico desenvolveram algumas actividades de debate sobre a paz, desenho, poesia, teatro etc.

01/10/2009

Encerramento dos Jogos Globais da Paz 2009 acontece a 3 de Outubro


A final dos Jogos Globais da Paz 2009 terão lugar no dia 3 de Outubro, no Gmino desportivo de chã de areia.

Consta da programação uma marcha com os alunos pelas 09 horas, e torneios de futebol entre as escolas.
O encerramento do evento estará a cargo do Secretário de Estado da Educação.
Este ano, os Jogos Globais da Paz tiveram o seu inicio no dia 21 de Setembro, com a abertura das jornadas da Paz presidida pela Ministra da Educação e Ensino Superior, Vera Duarte, por ocasião do dia mundial da Paz.